domingo, 7 de junho de 2009

ESPIRITISMO E POLÍTICA

Preciso atualizar esse blog, não é mesmo? Mas, vou fazê-lo em breve.
Estou lendo um texto muito interessante: Spiritisme et politique; de Nicole Edelman, apresentada como Maitre de Conferences à l'Université Paris 10; elaborado em 2004. Pretendo comentá-lo nas próximas postagens, juntamente com o artigo que Giovanni Hoffman, da Academia Internacional de Estudos Espíritas e de Magnetismo de Roma, apresentou no Congresso de 1888, com o título: Da necessidade de uma Federação Espírita Universal e de seu objetivo moral, social e político.

Mas, o que eu achei muito interessante e me apresso em contar, é que a Nicole diz, no artigo, que o Pierre-Gaetan Leymarie, discípulo de primeira hora e continuador de Kardec, exilou-se no Brasil(!) em 1851, quando o Luís Napoleão Bonaparte deu o golpe de estado e tornou-se o Imperador Napoleão III. Não vi esta informação em nenhum outro lugar, e ela não cita a fonte. Logo depois houve a anistia, ele retornou a Paris, e tornou-se colaborador de Kardec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário